sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Na vida mais uma luz.



Sinto os meus olhos rindo
Brilhantes por nascimento
Como clareando, colorindo
Todo este imenso momento

Crias alegria, encantamento
Trouxeste no frio, calor
Num jubilo, contentamento
Nos mergulhaste em amor
Num constante pensamento

Que em glória sejas alguém
Em sabedoria um primor

Que na vida encontres sabor
Fraternalmente te quero
Resolvido e sabedor
Assim na vida me alegro
Na tua vida muito amor
Cada peça em ti se ajuste
Intrinsecamente feliz
Sobejamente forte, aguerrido
Com almejada satisfação
O meu imenso amor querido
Eu sinto em meu coração

Nasceste na urze do campo
Em flor nascida da Rosa
Mulher terna… Calorosa.

Todo o ser amolece, frente ao encantamento de novo renascimento

10/12/2009
Karl d’Jo Menestrel

3 comentários:

paula barros disse...

É muito bom vir ao mundo numa família fraterna e com muito amor no coração, já acolhido de longas datas, com certeza bem antes de nascer.

Pessoas de luzes, se reeencontram, e seguem felizes.

Trouxe mais amor, para uma família que transborda amor.

beijos fraternos, parabéns!

Celina disse...

ESTÁS DE PARABENS POETA, VERSOS MUITOS BONITOS! ABRAÇOS DA AMIGA CELINA

paula barros disse...

Estou trabalhando e vim ouvir música e não estou conseguindo. Hoje que prestei atenção no nome do fofo.

abraços com carinho