quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Anda… ver o Mar




Olha,
Anda ver o mar

Vem,
Vem junto a mim,
Vem ver o sol brilhar
Deitados na areia
Façamos um dia de encantar.

Percorro o teu corpo,
Percorres o meu,
Nos entrelaçamos acabando por nos beijar
Na doçura do teu corpo
Sinto o teu pulsar…
Teus lábios salgados nos meus
Sinto-te, te sinto  amar…

Teu corpo cheira a jasmim
Me embriaga, me solto
Na ilusão contida eu… volto a sonhar.
Faço-te um colar de conchas
Brincos de coral vermelho
Anel de coloridas contas

Olha, anda…
Anda ver o Mar


18/11/2009
Karl d’Jo Menestrel

1 comentários:

paula barros disse...

Ah, o mar
Adoro o mar
Andar na praia


Ah, o seu poema
Me fez sonhar
Olhar o mar assim acompanhado e sentindo o salgado nos lábios...

-------------------------------
"Faço-te um colar de conchas
Brincos de coral vermelho
Anel de coloridas contas"


Me deixou fascinada essa parte, achei criativa demais e bonita de se imaginar.


abraços